Mulheres no mercado de TI | Tecmach - Soluções em Outsourcing

Mulheres no mercado de TI

Mulheres no mercado de TI

Por mais que o debate sobre igualdade de gêneros tenha crescido no Brasil e no mundo, a área de Tecnologia da Informação ainda é predominantemente ocupada por homens, tanto nos cargos mais básicos quanto nos de liderança. Recente pesquisa da CompITA aponta que somente 24% de todos profissionais da área no mundo são mulheres. Na gerência o número é ainda pior: 8%.

Estudos do World Economic Forum mostram que a quantidade de mulheres no mercado de trabalho como um todo só vai se aproximar da masculina em meados de 2133. Mesmo assim, algumas delas começam a se destacar no campo da tecnologia. Internacionalmente, temos Susan Wojcicki como CEO do Youtube, Virgínia Rometty como CEO da IBM e Ursula Burns, CEO da Xerox. Já no Brasil, podemos destacar Regina Pistelli, que é CEO do grupo ABC.

Pistelli atuou em grandes empresas de diversas áreas, como o Grupo Fleury e Cofap Magneti Marelli. Também fundou o CEO Solidário, iniciativa que reúne empresários para levantar fundos para ações sociais, como doações de alimentos e cadeiras de rodas para asilos e orfanatos. "TI não é lugar só para homem, é para mulher também. Sou matemática, sou nerd, e nem por isso deixei de ser feminina. A área te dá muita independência e chance de realizar sonhos”, afirma a executiva.


Visando mudar de maneira mais efetiva esse cenário, foram fundadas as mais diversas iniciativas. Uma delas é o Advancin Women In IT, que é uma rede de contatos composta por 10 mil pessoas. Ali, mulheres são incentivadas a escolher a área de TI como carreira, através da ajuda na busca de boas vagas. Assim, empresas que empregam mulheres recebem apoio para continuar sua política de diversidade.

Além das barreiras específicas de TI, existem ainda problemas que afetam todo o mercado de trabalho para as mulheres, como a dificuldade de conciliar o trabalho e a vida pessoal, pois nem sempre seus companheiros fazem sua parte dentro de casa.

Portanto, ainda que as discussões estejam ganhando corpo dentro e fora do mercado de TI, é necessário sempre incentivar e aumentar a presença de mulheres em todos os postos de trabalho. Todos ganham com isso.


(Imagens: Reprodução)

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário