Reciclagem ainda é um desafio no Brasil | Tecmach - Soluções em Outsourcing

Reciclagem ainda é um desafio no Brasil

Reciclagem ainda é um desafio no Brasil

O Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nos quatro cantos do globo no último dia 5, mostrou que o desafio à preservação da natureza continua imenso. A campanha deste ano teve como foco o combate aos resíduos plásticos, que demoram centenas de anos para se decompor, e expôs o estrago que este tipo de material causa ao meio ambiente, em especial aos oceanos, que até 2050 terão mais plásticos do que peixe se algo não for feito urgentemente.

Segundo a ONU, que instituiu o Dia Mundial do Meio Ambiente em 1972, o consumo de sacolas plásticas no mundo, por exemplo, chega a cinco trilhões por ano e a cada minuto um milhão de garrafas plásticas são compradas em algum ponto do planeta. Metade do plástico consumido é descartável e pelo menos 13 milhões de toneladas vão parar nos oceanos todos os anos, comprometendo 600 espécies marinhas.

A escolha do tema "Acabe Com a Poluição Plástica” não poderia ser mais oportuna, pois uma nova tragédia reforçou a necessidade de uma união mundial para salvar os oceanos. Recentemente, na Tailândia, uma baleia morreu depois de engolir 80 sacos plásticos, num total de quase oito quilos de detritos. Caso semelhante ocorreu na Espanha, no mês passado. De acordo com as autoridades tailandesas, ao menos 300 animais marinhos morrem todos os anos devido à ingestão de resíduos plásticos.

Somado ao episódio está um estudo preocupante do IBOPE, patrocinado pela Ambev, que mostra a falta de consciência ambiental no Brasil. Segundo o levantamento, 98% das pessoas entrevistadas reconhecem a importância da reciclagem para a preservação do planeta, mas 75% delas não separam o lixo reciclável gerado em casa e 39% sequer separam o lixo orgânico. Coleta seletiva é um assunto praticamente desconhecido para 66% dos pesquisados, de acordo com o levantamento.

Na Tecmach, levamos a sustentabilidade a sério e a nossa ação para reduzir o consumo de plástico foi substituir os copos descartáveis utilizados no dia a dia por canecas e squeezes super bacanas (foto). Com isso, deixamos de utilizar 163 mil copos plásticos por ano.

Sabemos que é difícil eliminar o plástico da nossa rotina – ele está por todos os lados. Mas podemos, sim, adotar o consumo responsável, eliminando ou substituindo o que for possível. Basta querer! Juntos Somos Mais Sustentáveis!

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário